Ambiente de trabalho acolhedor é essencial para empresas manterem os talentos
Construir um ambiente de trabalho acolhedor é fundamental para a produtividade | Divulgação AdobeStock

Ambiente de trabalho acolhedor é essencial para empresas manterem os talentos

By Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 2 minutos.

Trabalhar em um ambiente saudável, realizando projetos que estejam alinhados com o nosso senso de propósito, com os nossos valores e habilidades e que, por tudo isso, nos gerem satisfação, é um dos elixires da qualidade de vida.

A Berkeley Haas – Haas School of Business da University of California, Berkeley – propõe um conceito muito interessante que é a integração Trabalho-Vida. A ideia é que essa abordagem cria sinergias entre todos os aspectos que definem vida, ou seja, o trabalho, a nossa casa/família, a comunidade, o bem-estar pessoal e a saúde. É algo que vai além de um simples equilíbrio entre trabalho e vida. E faz parte do que podemos chamar de bem estar vocacional.

Se as pessoas forem mais felizes com o trabalho, elas estarão mais comprometidas com as organizações. Mas, ser feliz não é ter uma mesa de sinuca e pufs coloridos na sede da empresa. Se o trabalho não for prazeroso e as cobranças forem exageradas, e em momentos que as pessoas deveriam estar descansando, como finais de semana, não vai dar certo.

Construir um ambiente de trabalho acolhedor é fundamental para as empresas manterem os seus times produtivos e reterem talentos. E isso inclui, por exemplo, companhias capazes de abraçar a diversidade.

“Quando a gente fala em vida saudável, uma das dimensões importantes é a que envolve o mundo do trabalho. É nele que passamos boa parte do tempo. E qualidade de vida nas organizações, hoje em dia, tem a ver com diversidade”, aponta o superintendente de Inovação e Desenvolvimento da Pucrs, Jorge Audy. Isso inclui pessoas plurais do ponto de vista da raça, gênero, influências culturais, formação e tantos outros aspectos. “As empresas que conseguem entender e atuar de forma positiva e indutora neste sentido se tornam os melhores ambientes para trabalhar, em qualquer lugar do mundo”, comenta Audy.

Para Audy, a questão do propósito, assim como a preocupação e a ação com relação ao impacto social e ambiental das organizações, pode ser um legado e transformação pós-pandemia. “A solidariedade e a responsabilidade social e ambiental emergem como valores relevantes para a sociedade”, diz.

A próxima geração de empresas bem sucedidas será aquela cujo propósito existencial será a promoção da felicidade, sugere o CEO da Pling, Paulo Esteves. “Pessoas felizes mudam o mundo para melhor, e isso inclui gestores, clientes, colaboradores e fornecedores”, diz. Neste sentido, promover um ambiente de trabalho em que todos se sintam estimulados, e não cobrados a fazer melhor, e que encontrem ali um destino de equilíbrio físico e mental, é a resposta o futuro das companhias que quiserem reter seus talentos. E você? Qual o seu propósito? Você está feliz com o que tem feito profissionalmente? Faça essa pergunta constantemente e preste atenção em pequenos sinais que possam lhe revelar mais sobre como você se sente em relação ao seu trabalho.

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia Mais »
Faça seu comentário