Atitudes diárias que fazem a diferença na nossa saúde
Cultive bons hábitos para viver mais e melhor | Divulgação AdobeStock

Atitudes diárias que fazem a diferença na nossa saúde

By Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 8 minutos.

Pequenos hábitos transformados em atitudes e somados fazem toda a diferença para uma vida mais saudável. É importante reforçar essa equação para deixarmos de lado aquela velha desculpa de que apenas as grandes mudanças são importantes. Que nada. Algumas atitudes diárias simples de serem adotadas podem ser decisivas para manter o nosso corpo e mente em equilíbrio. Vamos conferir algumas delas?

Faça os exames recomendados para a sua idade | Divulgação AdobeStock

Exames preventivos – A prevenção é fundamental. Informe-se sobre o histórico de saúde da sua família, assim você terá mais chances de saber sobre as doenças hereditárias e agir para mudar a sua própria história. Faça os exames recomendados para a sua idade, e na periodicidade indicada pelos médicos. Exercite o autoconhecimento do seu corpo para perceber se algo está errado.

Tire um tempo para você e para estar perto de quem te faz bem | Divulgação AdobeStock

Tempo livre para você – Viva momentos do dia a dia com entrega e intensidade. É muito importante dedicarmos um tempo para fazermos as coisas de que gostamos. Acordar, tomar um café da manhã em silêncio, ir ao cinema, ler, receber os amigos em casa, namorar, estar com a família, curtir uma brincadeira com seu pet. Você sabe o que lhe faz bem, então exercite se permitir. Faça um bom planejamento do seu dia para não dar espaço ao estresse.

Proximidade com a natureza – São muitas as opções para estarmos próximos à natureza, mesmo morando nas grandes metrópoles. Uma dica é frequentar os parques da sua cidade para caminhar ou simplesmente relaxar, observar as árvores e aproveitar o dia. Se tiver a oportunidade de ir para a praia, que tal caminhar com o pé na areia, sentindo a água do mar? Respire fundo. Contemple. Uma opção bacana é levar a natureza para a sua casa, como plantando alguma muda como o alecrim, que além de tudo é um excelente tempero. 

Manter a higiene buscal é fundamental para a nossa saúde geral | Divulgação AdobeStock

Boa higiene bucal – Visite o dentista regularmente. As enfermidades orais são as doenças não transmissíveis (DNTs) mais comuns e afetam as pessoas ao longo da vida causando dor, desconforto e até a morte, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Uma alimentação equilibrada e com baixo consumo de açúcares ajuda prevenir o desenvolvimento de cáries dentárias e perda prematura de dentes. Não fumar e evitar o consumo de álcool ajuda a reduzir o risco de câncer oral, doença periodontal e perda de dentes.

Realize constantemente atividades que exercitem o raciocínio | Divulgação AdobeStock

Cérebro ávido – Atividades como estudar um novo idioma, aprender expressões que você até então não conhecia, fazer palavras cruzadas e tantas outras que estimulem capacidades cerebrais diferentes são decisivas para mantermos o nosso cérebro sempre ávido e estimulado. São muitas as possibilidades no seu dia para você exercitar isso, como escovar os dentes cada dia com uma mão ou mudar o caminho que está acostumado a fazer para chegar ao trabalho. Cuide da memória e crie desafios para manter sempre a energia do cérebro ativa.

Conviva com pessoas que lhe façam bem e estimulem hábitos saudáveis, e não os ruins | Divulgação AdobeStock

Tribo certa – Estar perto de pessoas positivas e alegres nos faz um bem, não é mesmo? A nossa energia se renova. As influências na nossa vida são importantes, até mesmo quando se trata de adotarmos hábitos diários saudáveis. Se estivermos com pessoas que fazem exercícios e cuidam da alimentação, por exemplo, a nossa tendência é fazer isso também. O contrário também pode acontecer e alguns estudos já sugerem que, se convivemos sempre com indivíduos que não se cuidam, é grande a chance de incorporarmos esses maus hábitos. Escolha a tribo certa.

Viva a vida, mas de forma planejada também financeiramente para evitar estresse | Divulgação AdobeStock

Finanças saudáveis – A preocupação em pagar as contas e ter dinheiro para todas as necessidades do mês costuma ser um fator estressor, causando nervosismo, ansiedade, distúrbios digestivos, entre outros problemas. A consequência? Impacto negativo na nossa saúde, nas relações pessoais e na produtividade. Por isso, busque formas de se organizar, como por meio de planilhas, aplicativos ou outros tipos de anotações. Viva o presente, mas se preparando para ter um futuro seguro.

A saúde sexual envolve um estado de bem-estar físico, mental e social em relação à sexualidade | Divulgação AdobeStock

Vida sexual com qualidade e segurança – Mais de 30 bactérias, vírus e parasitas diferentes podem ser transmitidos por meio do contato sexual. Todos os dias, no mundo todo, mais de um milhão de infecções são repassadas no ato sexual, as chamadas Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). A prevenção, como o uso de preservativo, é fundamental. A saúde sexual envolve um estado de bem-estar físico, mental e social em relação à sexualidade.

Ao fumar, você está intoxicando o seu organismo e o das pessoas próximas a você. Pensei nisso. | Divulgação AdobeStock

Apague o cigarro – O tabaco mata metade de seus usuários – isso significa mais de 7 milhões de pessoas por ano no mundo. Por isso, tente evitar ao máximo começar com esse hábito; se já começou, vale o esforço para tentar superá-lo. Lembra a importância de sempre exercitar o autoconhecimento para conseguir alcançar o equilíbrio e o viver bem? Então, tente perceber que, ao fumar, você está intoxicando o seu organismo. Pense nisso. Se sentir necessidade, busque o acompanhamento de um médico. Isso não é vergonha alguma. O tabagismo é uma doença, uma dependência química, e como tal precisa de tratamento.

Água é saúde. Deixe algum lembrete próximo a você para lembrar de se hidratar | Divulgação AdobeStock

Água, água, água – Beber água é saúde. Então, se você ainda não tem o hábito, a dica é criar alguns gatilhos para lembrar, comodeixar sempre um copo por perto quando estiver em casa e levar uma garrafinha para o trabalho. Há também aplicativos gratuitos para smartphones que avisam a hora de tomar água. A quantidade de água que devemos tomar por dia depende de questões como calorias ingeridas e temperatura e de fatores como se fazemos ou não atividade física. O importante é conhecer o seu corpo e equilibrar a ingesta hídrica.

Comemora e viva intensamente todos os momentos bons da sua vida | Divulgação AdobeStock

Cultivando emoções positivas – Celebrar a vida e as nossas vitórias é essencial para a qualidade de vida. Isso nos ajuda a ver que o esforço valeu a pena e nos dá mais energia para encararmos as situações difíceis que aparecerem durante a nossa jornada diária. A vida é linda demais, então, vamos ficar felizes porque estamos vivos, porque temos ao nosso lado pessoas de que gostamos, porque temos a possibilidade de ir ao cinema ou ler um bom livro, ou de praticar algum esporte, admirar o pôr do sol ou a lua. Temos que ser legais conosco mesmos.

Quer ser mais saudável? Então, crie um plano para isso. Acompanhe as evoluções e necessidades de melhorias | Divulgação AdobeStock

Gestão do dia a dia – Cada mudança de mentalidade e hábitos começa com a atitude de planejar o que vamos fazer para ter uma vida mais equilibrada. Se a sua meta é emagrecer, por exemplo, o que você fará para atingir este objetivo? Por onde começar? Como deve ser a alimentação e quais e quantos exercícios fazer? Respondidas estas questões, parta para a ação. Mas não esqueça de monitorar seu ‘plano’, para verificar se está atendendo ao que você busca e se é preciso rever alguma ação, isso faz parte da construção de um ciclo virtuoso da gestão pela sua qualidade de vida.

Reduza o sal usado no seu dia a dia, tanto no alimento preparado em casa como nos industrializados | Divulgação AdobeStock

Menos sal, mais vida – O sal oferece riscos reais e diários à nossa saúde. Dois gramas de sódio por dia ou 5 gramas de sal é o consumo máximo indicado por especialistas. Problema é que a média é de 9 a 12 gramas por dia; no Brasil, são 11 gramas. É preciso rebaixar esse nível para prevenir a pressão arterial alta e reduzir a possibilidade de desenvolver doenças cardiovasculares. Como fazer isso? Atitude: tire o saleiro da mesa e substitua o sal por temperos, que deixa a comida mais saborosa. Ler os rótulos dos alimentos é fundamental. Você vai se surpreender com a quantidade de sal de muitos deles.  

O nosso planeta é lindo, cuide com carinho dele | Divulgação AdobeStock

Ame o meio ambiente – As mudanças climáticas afetam os determinantes sociais e ambientais da saúde. Ar limpo, água potável, comida suficiente e abrigo seguro são condições para manter a vida. Projeta-se que as alterações do planeta devem causar 250 mil mortes por ano, entre 2030 e 2050, por desnutrição, malária, diarreia e estresse por calor. Fazemos parte também das soluções para atacar, por exemplo, as emissões de gases de efeito estufa. Gestos simples como uso de fontes renováveis de energia ajudam. Procure fazer exercícios em períodos do dia com menos carros na rua ou se exercite em meio à natureza. Cada pequeno ato de amor e responsabilidade conosco e com o ambiente ajudará a mudar esse cenário e a fazermos, juntos, um mundo melhor. Vivemos em um universo divino. Precisamos cuidar dele para que as próximas gerações também tenham essa oportunidade.

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia Mais »
Faça seu comentário