Crianças ativas são mais saudáveis
Crianças e jovens devem fazer pelo menos 60 minutos de atividade física por dia | Divulgação

Crianças ativas são mais saudáveis

Por Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 1 minuto.

As crianças e adolescentes também precisam, e muito, ficar ativos. Níveis adequados de atividade física contribuem para o desenvolvimento dos tecidos musculoesqueléticos saudáveis​, para o sistema cardiovascular e para a consciência neuromuscular, ou seja, a coordenação e controle de movimento.

Sem falar que ajuda na manutenção de um peso corporal saudável, fundamental para evitarmos problemas decorrentes da obesidade, cada vez mais comuns nesta idade. Esses são os benefícios físicos, mas também têm os psicológicos, que são importantíssimos. Uma vida ativa ajuda a controlar os sintomas de ansiedade e depressão e auxilia no desenvolvimento social.

Mas, o que fazer nesta idade? Atividades de playground, andar de bicicleta, praticar esportes, realizar tarefas domésticas ou exercícios planejados e ministrados por profissionais especializados de Educação Física. Tudo vale a pena para eles se movimentarem.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem uma recomendação específica de atividades para crianças e jovens de 5 a 17 anos. Elas são válidas, claro, para quem não tem condições médicas específicas que indiquem o contrário. É importante começar aos poucos e aumentar gradualmente a duração, a frequência e a intensidade ao longo do tempo. Confere:

1. Pelo menos 60 minutos de atividade física de intensidade moderada a vigorosa por dia;

2. Quantidades de atividade física superiores a 60 minutos fornecem maiores benefícios para a saúde; 3. A maior parte da atividade física diária deve ser aeróbica, incluindo aquelas que fortalecem os músculos e ossos – pelo menos três vezes por semana.

RECENTES

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia mais »
Faça seu comentário