Ficar em casa não significa ficar inativo, diz especialista
Podemos criar rotinas saudáveis, como caminhar dentro de casa ou marchar no próprio lugar | Divulgação

Ficar em casa não significa ficar inativo, diz especialista

Por Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 1 minuto.

Movimentar o corpo é um dos melhores caminhos para protegermos e melhorarmos a nossa saúde, sem falar que é um dos pilares fundamentais para a imunidade. Poucos hábitos de vida têm um efeito tão positivo para o corpo e a mente.

“Um dos reflexos mais imediatos, muito antes de essa prática começar a dar as suas contribuições efetivas para os nossos indicadores de saúde, é a ampla sensação de bem-estar, de liberdade, de nos sentirmos ativos, alegres e empoderados”, explica Carla Lubisco, especialista em exercício físico e mentora em Bem Viver.

Com isso, muitas vezes somos despertados para uma vontade de melhorar toda a nossa vida, o que inclui cuidar mais da alimentação, dormir melhor, aumentar o convívio com as pessoas de quem gostamos e tantos outros hábitos positivos.

Carla comenta, porém, que a nossa vida mudou muito desde que começou a pandemia da Covid-19. Tivemos que ficar isolados, sem sair de casa. Quem tinha o hábito de se exercitar na rua, como nos parques ou nas academias, precisou repensar a sua rotina.

Pequenos deslocamentos a pé, como ir caminhando da parada do ônibus ou do estacionamento até a empresa ou sair da mesa de trabalho e dar alguns passos para pegar um cafezinho também foram interrompidos. Esse cenário tornou muita gente mais sedentária.

Mas, sabia que estar em casa não significa que você precisa ficar sem se movimentar? Ela dá a dica. “Podemos criar algumas rotinas saudáveis, como caminhar dentro de casa mesmo, circulando os braços ou marchar no próprio lugar. Respire e expire profundamente. Ah, também vale cortar a grama e fazer um passeio mais prolongado com o seu cachorro”, diz.

Qualquer movimento, no somatório, contará pontos positivos a favor da sua saúde. O importante é fazer. “Pouco é melhor do que nada. Mas, claro, que se você fizer periodicamente e de forma estruturada, os ganhos para a sua saúde serão maiores”, reforça a especialista.

RECENTES

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia mais »
Faça seu comentário