Meditação é aliada para aliviar estresse e ansiedade
Todas as formas de Meditação foram criadas para nos conectar a algo maior | Divulgação Unsplash

Meditação é aliada para aliviar estresse e ansiedade

Por Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 2 minutos.

Vivemos em constante estado de alerta, tendo que gerenciar as expectativas de atender as demandas que chegam ao nosso ambiente de trabalho e à vida pessoal. É muita informação para processar.

Mais recentemente, além do ritmo frenético do mundo atual, nos deparamos com a Covid-19, que abalou as nossas estruturas e se transformou em um desafio e tanto à saúde mental da população do mundo todo.

A pandemia nos trouxe sentimentos de medo, ansiedade, inquietação, tristeza e outras sensações que nos tiram do presente, nos colocando no sofrimento do futuro. Por isso, acabou sendo também um ótimo momento para olharmos com mais carinho e atenção para uma prática simples e capaz de gerar de grandes transformações: a Meditação.

“A Meditação traz aquela sensação da paz inabalável, na medida em que nos ajuda a buscar um caminho de espiritualidade e fé. Além disso, é uma bela forma de ajudar a aliviar o estresse. É como se pudéssemos treinar a mente para conseguir desligar um pouco de todos os ruídos que recebemos diariamente”, explica Carla Lubisco, mentora em bem viver.

Todas as formas de Meditação foram criadas para nos conectar a algo maior do que nós mesmos. Nas tradições judaicas, cristãs, islâmicas e taoistas, é uma conexão com Deus, uma conexão com algo divino. Na tradição animista, seria uma conexão com a terra, céus ou espíritos dos animais.

A meditação nos ajuda a desligar do mundo exterior e voltar atenção para o mundo interior. É uma ferramenta importantíssima para nos ajudar a reconectar com a nossa essência, resignificando nossas prioridades, desligando um pouco dos fatores externos, como a pandemia da Covid-19, nos proporcionando maior consciência dos fatos, discernimento, paz interior e equilíbrio.

É exercitar o aqui e agora, o presente, tirando a ansiedade do que vem pela frente, o futuro. “Em tempos de pandemia e pós-pandemia, a Meditação é uma ferramenta de ouro. É uma prática relativamente simples, requer pouco tempo e, principalmente, ajuda a transformar o nosso cérebro, ampliando a área que regula as emoções e, assim, a nossa capacidade de lidar com fatores estressores”, comenta Carla.

Quanto mais praticamos, mais presentes estamos; quanto menos praticamos, mais somos capturados por nossos pensamentos, pensando geralmente sobre o futuro, imaginando a próxima coisa que devemos fazer.

A origem da palavra Meditar Meditar surgiu da raiz latina “meditam” e quer dizer ponderar. Mas, o significado mais comum que vemos é o que também vem do latim “meditare” e significa estar em seu centro, voltar-se para o centro.

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia Mais »
Faça seu comentário