Pandemia evidencia que Fake News é uma ameaça à saúde
Fake News não correspondem à liberdade de expressão, diz especialista | Divulgação Adobe Stock

Pandemia evidencia que Fake News é uma ameaça à saúde

Por Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 2 minutos.

Quantas notícias já circularam por aí contendo inverdades sobre a pandemia da Covid-19, como alimentos ou remédios que seriam a cura milagrosa da doença, mas que, no final das contas, só colocavam mais em risco as pessoas?

As Fake News são hoje uma séria ameaça à saúde das pessoas. “Fake News não correspondem à liberdade de expressão, uma vez que o seu principal uso é para propagar inverdades com o intuito de manipular a opinião pública. Além disso, violam muitos dos nossos direitos como indivíduos, que incluem desde o direito ao acesso à informação, direito à igualdade, direito à vida e direito à proteção da vida privada”, relata Edson Prestes, pesquisador do Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Ele é o único brasileiro que integra o Painel de Alto Nível em Cooperação Digital do Secretário Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

O especialista nos propõe um simples exercício empático para que possama compreender a gravidade da situação. Imagine que você seja uma pessoa sem instrução e que receba as seguintes informações:

  1. A vacinação contra poliomielite é prejudicial à saúde da criança.
  2. O País Y é o causador da pandemia da Cobvid-19 que matou centenas de milhares de pessoas.
  3. Um sistema de inteligência artificial tem a mesma capacidade de discernimento do ser humano.

“Se você é uma pessoa que não tem instrução, como inúmeras pessoas do nosso País, você estará colocando em risco à saúde física do teu filho, começará a ter um sentimento xenófobo aos cidadãos do tal país Y ou deixará que um sistema computacional decida se você ou seu familiar deve viver ou morrer”, exemplifica.

Todos os items listados acima são retratos do mundo real e que impactam diretamente na nossa qualidade de vida, seja física ou mental. “Como sociedade, devemos banir fake news e exigir que os seus propagadores sejam processados criminalmente. Por isso, é fundamental que informação de qualidade seja compartilhada e que nós, como cidadãos, sejamos empoderados a saber distinguir o que é verdade do que é mentira”, sugere.

O que são as Fake News?

As Fake News são fabricadas de forma intencional para propagar discursos de ódio, manipular opinião pública, segregar, criar medo, entre outros. A disseminação é feita de forma massiva com uso de robôs virtuais.

Devido à falta de conhecimento no campo digital, muitas pessoas acabam consumindo essas notícias e as assumindo como sendo verdade.  Por isso, um dos elementos-chave para criar uma sociedade democrática é o investimento em educação e o empoderamento da população.

FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia Mais »
Faça seu comentário