Piscar mais e diminuir o brilho da tela à noite ajudam a evitar a fadiga ocular
A fadiga ocular normalmente é um transtorno temporário, mas requer atenção | Divulgação AdobeStock

Piscar mais e diminuir o brilho da tela à noite ajudam a evitar a fadiga ocular

Por Movimento Fique Saudável

Tempo de leitura: 1 minuto.

Você já ouviu falar em fadiga ocular ou astenopia? Os termos talvez sejam novos, mas você, provavelmente, já vivenciou a sensação de cansaço visual que pode vir acompanhada por dor de cabeça e perda do foco visual, muito comum após o uso da nossa visão para perto por períodos mais prolongados.

E sabe o que aumenta estes sintomas? Os dispositivos eletrônicos. A tela luminosa dos celulares e dos computadores é um estímulo acentuado para a nossa, explica o médico oftalmologista Rafael da Cunha Bisch.

Os principais sintomas deste excesso são cansaço visual, dor de cabeça e ardência ocular – que ocorre por uma alteração no mecanismo de piscar. “Normalmente piscamos a cada dois ou três segundos, inconscientemente. Ao ver vídeos no celular, pode ocorrer uma redução na frequência do piscar, e esses intervalos maiores entre cada piscada atrapalham a lubrificação ocular”, explica. Quando piscamos, a pálpebra espalha a lágrima por toda a superfície do olho. Mas, nestes casos, a lágrima evapora mais rápido e não é espalhada na superfície ocular.

A fadiga ocular normalmente é um transtorno temporário, por causa do esforço de acomodação (mecanismo de foco para perto). Mas, pode levar ao desenvolvimento de miopia ou à aceleração da progressão da miopia em pacientes previamente míopes.

Como minimizar esses riscos:

  • Evite usar celular próximo ao período de dormir, especialmente na cama, com o quarto escuro, pois isso gera um estímulo ao sistema nervoso que pode alterar o padrão de sono;
  • Diminua o brilho da tela à noite – é possível fazer a redução nas ferramentas do celular;
  • Pisque com frequência ao usar celular ou tablet;
  • O uso de colírios lubrificantes pode ajudar quando os sintomas forem mais acentuados. Converse com o seu medico;
FELICIDADE
Jorge Kalil
Jorge Kalil

Quem é feliz vive mais?

Tempo de leitura: 2 minutos. A felicidade está intimamente ligada à saúde. Sim, bons momentos vivenciados ao longo dos dias, semanas, meses e anos que

Leia Mais »
Faça seu comentário